QDM

A Comgás realiza a seleção, qualificação, desenvolvimento e monitoramento de seus fornecedores e contratadas para as principais categorias de serviço. Diferentes áreas participam do processo.

Esses processos são necessários para garantir o atendimento ao plano estratégico da Comgás nas atividades que envolvam a contratação de serviços, observando sempre as exigências e padrões estabelecidos pela Comgás em suas normas e também os principais riscos atrelados a essas contratações.

As regras que regem os processos de qualificação e monitoramento, bem como as medidas voltadas para o desenvolvimento das contratadas, dão-se através da avaliação do risco associado de cada categoria de serviço, sendo os principais: risco a segurança dos empregados terceiros, risco a qualidade dos ativos da Comgás ou de terceiros, impacto nas metas quantitativas, impacto dos serviços prestados pelas contratadas na satisfação dos clientes, risco de passivo trabalhista e dano a nossa imagem, entre outros.

Qualificação

O processo de qualificação pode ter início antes ou depois da efetivação da contratação, mas obrigatoriamente antes do início da atividade.

A avaliação do time de qualificação é realizada por uma auditoria “diligence” no fornecedor, com base nas instruções da matriz estratégica de qualificação e monitoramento de fornecedores. O resultado dessa avaliação é registrado no sistema Portal de Fornecedores, onde constarão quais categorias a contratada foi qualificada.

Os itens de não atendimento apontados no checklist se tornam pontos de desenvolvimento e são tratados via plano de ação acordado entre Gestor de Contrato e Contratada.

O prazo da qualificação é 3 anos. Após esse período, a contratada deve ser requalificada.

Devido à complexidade do nosso negócio e o tempo médio de adaptação de novas empresas, não é recomendado que a contratada possua simultaneamente mais de um plano de ação relacionado à qualificação. Ou seja, a contratada deverá finalizar a qualificação em uma atividade antes de iniciar outra e somente após atendimento pleno das necessidades do contrato e área gestora poderá obter novos contratos. Admitindo-se exceções acordadas entre o time de qualificação e os gestores de contrato.

Na hipótese de não atendimento ao plano de ação a Comgás poderá tomar medidas para substituir a contratada na categoria em desenvolvimento.

Desenvolvimento

O processo de desenvolvimento tem início após o processo de contratação, no início da mobilização da contratada. Com base nos pontos de desenvolvimento identificados no processo de qualificação, o gestor do contrato juntamente com a área de gestão de contratadas define com a contratada um plano de ação para atender, no mínimo prazo possível, os pontos de desenvolvimentos.

O prazo máximo para atendimento das ações é 3 meses após o início das atividades. Em caso de suspensão da atividade o prazo para atendimento as ações do plano também ficam suspensas.

Monitoramento

Com base no monitoramento de fornecedores, a área de gestão de contratadas pode (a) direcionar ações com foco no desenvolvimento da contratada, (b) ampliar ou reduzir o escopo de trabalho da contratada, (c) contratar mais empresas para realizar atividade, (d) desqualificar a contratada.

Os detalhes operacionais estão descritos no documento monitoramento de fornecedores de serviço, que contem, no mínimo:

1) Indicadores de desempenho e metas, para cada categoria e segmento;
2) Fonte de informação, áreas responsáveis e prazos de divulgação;
3) Ações sugeridas para as situações de desempenho insatisfatório.