Emergência 24h 08000 110 197

Quero ser cliente Comgás

Quer ser cliente comgás?

Quero ser cliente

Antes de escavar, garanta a segurança da sua obra.

É tarefa de todos aqueles que estão envolvidos nas obras.

1

Consulte se há rede de gás no endereço da sua escavação

Clique aqui para verificar por onde passam nossas tubulações. O mapa indica a localização das redes e ramais da Comgás, apontando os endereços com presença de gasodutos.

O site Nossa Rede pode ser acessado pelo navegador de internet do computador ou celular.

A consulta das tubulações de gás não exclui a necessidade da presença dos cadastros das redes e ramais em campo. Essas informações são apenas indicativas.

Além disso, fique atento às sinalizações implantadas em campo para ajudar na identificação das tubulações de gás.

*Sinalizações não obrigatórias e de caráter meramente informativo.


2

Caso haja tubulações de gás nas proximidades, solicite a Orientação Técnica da Comgás

A Comgás disponibiliza para as Concessionárias, Construtoras, Empreiteiras, Prefeituras, entre outras, a possibilidade de solicitar a orientação técnica e realizar o download automático dos cadastros das tubulações. Para isso acesse o site Comgás Virtual, escolha o ícone Suporte à Concessionárias e Construtoras e faça o login para acessar a página. Caso ainda não possua cadastro no site para realização do login, selecione a opção “Criar cadastro” e preencha as informações solicitadas.

Para obras emergenciais a solicitação pode ser realizada através do telefone 08000 110 197, opção 2.



3

Treinamentos e capacitação

Oferecemos treinamentos gratuitos presenciais ou virtuais para funcionários de outras Concessionárias, Construtoras, Empreiteiras, Prefeituras, entre outras, que atuam no campo em atividades que podem interferir com as tubulações da Comgás. Esses treinamentos são voltados à prevenção de danos, e à segurança dos trabalhadores e da população, em que capacitamos os profissionais a lerem e interpretarem os cadastros da Comgás, a conhecerem as sinalizações de gás em campo e os procedimentos de segurança, além de como utilizarem os canais de suporte para solicitação de orientação técnica, cadastros e reportabilidade de emergências.

Também disponibilizamos uma trilha online de Prevenção de Danos para garantir a segurança das operações próximas aos ativos da Comgás.

Para agendar os treinamentos e/ou acessar a trilha online de Prevenção de Danos, acesse o site Comgás Virtual na seção de Suporte à Concessionárias e Construtoras.

Para agendar os treinamentos envie um e-mail: ppd@comgas.com.br


4

Conheça as referências dos procedimentos e indicações para a prevenção de danos.

Lembrando sempre de manter os tubos a uma distância que não impacte a rede de gás e proceder da maneira correta com os gasodutos que estão presentes na sua obra.

Os ativos Comgás são: Redes de distribuição (leito carroçável ou calçada independente da pressão) e ramais em geral.

Tipos de interferência:

  • Fibra ótica, adutoras, redes de esgoto, águas pluviais.
  • Linhas de alta, média e baixa tensão elétrica.
  • Aterramentos de média e alta tensão elétrica.
  • Gasodutos, oleodutos e redes de vapor.
 Escavações próximas a redes de Gás
Metodo não destrutivo paralelo a rede de gás Metodo não destrutivo perpendicular a rede de gás Escavação sobre o ativo Comgas Espaçamento final (após a instalação)
A navegação do furo em todas as etapas deverá respeitar uma distância miníma de 2,00 metros Valas de sondagens manuais deverão ser abertas sobre a rede de gás afim de confirmar a direção da rede e/ou ramal.
Obs: atençao ao diâmetro dos alargadores afim de respeitar a distância de 2,0 metros da rede de gás durante a execução do furo.
A navegação do furo em todas as etapas deverá respeitar uma distância miníma de 2,00 metros. No exato ponto de cruzamento com a rede e/ou ramal de gás, deverá ser aberta uma vala testemunho de forma manual e visualizar o furo piloto e a puxada do alargador e do tubo.
Obs: atençao ao diâmetro dos alargadores afim de respeitar a distância de 2,0 metros da rede de gás durante a execução do furo.
Caso vá operar a uma distância maior ou igual a 1 metro, poderá ser utilizado o processo mecânico. Caso vá operar a uma distância inferior a 1 metro, deverá ser utilizado o processo manual. Fibra ótica, adutoras, redes de esgoto, águas pluviais:

Distância mínima: 50 cm.

Linhas de alta, média e baixa tensão elétrica:

Distância mínima: 1,0 metro

Aterramentos de média e alta tensão elétrica:

Deverá ser feito estudo de interferência eletromagnética conforme a NBR-12712.

Gasodutos, oleodutos e redes de vapor:

Deverá ser Atendido o espaçamento mínimo de  50cm.

É imprescindível seguir as orientações da tabela pois as informações cadastrais fornecidas estão sujeitas a alterações de amarração e profundidade devido a limites na precisão do método construtivo, recapeamento de vias e mudanças nas edificações existentes, entre outros.

Deverão ser realizadas sondagens manuais utilizando haste com ponteira de nylon a cada 35cm de profundidade até encontrar as tubulações de gás para garantir a integridade dos ativos subterrâneos.

Normas de referências: NBR-12712 e NBR-5419

Todas as valas de sondagens sobre as tubulações de gás deverão ser feitas de forma manual seguindo o procedimento acima.



5

Emergências

Em caso de situações emergenciais ou cheiro de gás, contate-nos imediatamente pelo telefone 08000 110 197, opção 1.


As medidas aqui divulgadas são meios disponibilizados pela Comgás para colaborar com as empresas que atuam em áreas com interferência de redes e ramais de gás. Não substituem a avaliação técnica dos responsáveis pela obra, nem os treinamentos e capacitação adequados para os profissionais envolvidos nos trabalhos. Também não eximem nem diminuem a responsabilidade dos terceiros por eventuais danos às tubulações de gás natural.