De forma segura e confidencial, o Canal de Ética Comgás permite o recebimento de denúncias de suspeitas de fraude, má conduta ou qualquer fato que contrarie os valores e princípios da empresa, previstos no nosso Código de Conduta, ou a legislação vigente.

Para a Comgás, um desvio de conduta pode afetar o clima e motivação no ambiente organizacional, a produtividade, a qualidade dos serviços prestados, a imagem da instituição, os resultados financeiros e, por fim, a capacidade empresarial de gerar emprego e renda.

Saiba mais sobre o nosso Canal de Ética:

Quem pode denunciar?
Funcionários, terceiros, fornecedores, clientes e comunidade em geral.

Como funciona?
As informações podem ser relatadas via internet (canaldeetica.com.br/comgas) ou por uma linha telefônica gratuita (0800 725003, de segunda a sábado, de 8h às 20h).

Quem recebe os dados?
A ICTS, uma empresa independente e especializada em investigação e inteligência empresarial.

É seguro?
Sim, há sigilo absoluto e tratamento adequado de cada situação relatada. O IP do equipamento da denúncia via internet não é identificado e as ligações por telefone são atendidas por ouvidores da ICTS.

O anonimato é garantido?
Os relatos podem ser identificados ou anônimos. Caso o autor da denúncia faça opção pelo anonimato, não há possibilidade de identificação. Não são gravados dados como IP do computador e número do telefone que originou o relato.

E se eu preferir uma denúncia identificada?
Sua identidade será preservada. Ao fazer a denúncia, tome o cuidado de não comentar o assunto com ninguém. Após a análise, se a denúncia for constatada como procedente, o Comitê de Ética definirá as medidas disciplinares aplicáveis e demandará sua execução.

O que deve ser relatado no Canal de Ética?

  • Assédio moral ou sexual;
  • Destruição ou danos aos ativos;
  • Favorecimento ou conflito de interesses;
  • Fraude;
  •  Irregularidades em demonstrações financeiras;
  • Pagamento ou recebimento impróprio;
  • Relacionamento íntimo com subordinação direta;
  • Roubo, furto ou desvio de materiais;
  • Uso ou tráfico de substâncias proibidas;
  • Vazamento ou uso indevido de informações;
  • Violação de leis em geral (trabalhista, ambiental, contábil, etc.).

Quem analisa as denúncias?
O coordenador do Comitê de Ética da Comgás. Ele avalia e define a estratégia de apuração dos fatos em conjunto com os demais membros do Comitê.

Quais medidas são tomadas?
Se a denúncia for constatada como procedente, o Comitê de Ética definirá as medidas disciplinares aplicáveis e demandará sua execução.